20 de abril de 2013

There's a flower in my blog

Para mim ela é a maior promessa actual da música portuguesa, e conquistou-me aos primeiros acordes de The Cherry On My Cake. Se ainda estivéssemos no tempo do vinil, estou certa de que teria riscado o disco de tantas vezes o ter ouvido. Infelizmente ainda não pude entrosar-me e familiarizar-me com o novíssimo There’s a flower in my bedroom. Mas como não consigo negar-me a um dos seus concertos sempre que ela viaja para um código postal próximo do meu, logo à noite vou a mais uma sessão de intimismo musical com Luísa Sobral. Por ora vou aproveitar os raios de sol ao som de:

To me she’s the greatest promise of current Portuguese music, and she won me over with the first chords of The Cherry On My Cake. If we were still in the days of vinyl, I'm sure I’d have scratched the disk considering the times I’ve listen to it. Unfortunately, I couldn’t yet fit in and familiarize myself with the brand new There's A Flower In My Bedroom. But as I cannot deny myself one of her concerts whenever she travels to a zipcode near mine, tonight I’m going to another session of musical intimacy with Luisa Sobral. For now I'll enjoy the sun by the sound of:



20 comentários:

  1. Sinto-me mal por ver tanta gente que gosta desta mocinha e eu aqui sem aguentar 5 segundos da voz dela :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há nada para que te sintas mal, start. Gostos não se discutem. Repara: quase todo o Portugal já dançou ao som do "Apita o Comboio", "Deixa-me cheirar o teu bacalhau" ou afins. E a minha pessoa fica com comichão só de ouvir os acordes iniciais. Se essas músicas entram, eu saio. E essa sim, são massivas, arrastam montes de gente. Inevitavelmente sinto-me sempre a ovelha ronhosa por nem sequer me esforçar...
      Quanto à Sobral, acho que entendo o porquê de não gostares da voz dela. Aliás, agora que penso nisto, diria que ou se gosta, ou não se gosta, porque é um timbre muito próprio, que dificilmente deixa alguém indiferente. ;-)

      Eliminar
    2. "Apita o comboio" e derivadas produzem o mesmo efeito em mim xD

      Eliminar
    3. Eu fico fuuuuuuuuuuuuuuuula!!! E extremamente irritada com coreografias comunitárias. À lista acrescentava ainda as brasileirada pimba.

      Eliminar
  2. gosto disto e o video esta delicioso lol
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este "Xico" é um dos meus favoritos. E a letra... tão simples, e tão bem caracterizadora de algumas nuances femininas e masculinas.

      Eliminar
  3. Eu acho que ela já não é promessa, mas uma certeza. Tem uma voz diferente, é original a cantar e a compor, e não se arma em estrela. E adoro o "Xico"! É claro que há sempre quem prefira uma Rute Marlene, mas enfim, gostos não se discutem...;-)
    Aproveita bem a sessão intimista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo quando dizes que não é uma promessa, mas uma certeza, Laura. Mas como disse em cima, ainda não pude "provar" o segundo álbum convenientemente, e corro sempre aquele risco de sentir que não houve evolução, que ficou pelo mesmo. Não que creia realmente nisso, caso contrário não teria a participação de Cullum, Laginha e Zambujo, mas... you never know.
      E tal como tu, uma das coisas que gosto nela é a total ausência de vedetismo. Tive oportunidade de trocar umas palavrinhas com ela no final do primeiro concerto seu a que assisti, e teci-lhe rasgados elogios. Curiosamente ela não os guardou para si, disse que não seria nada se não fossem os outros músicos com quem trabalha. Resposta humilde, não? Fiquei a pensar nisso na altura.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. É diferente. E o seu ar ameninado e naïf também. Tornam-na ainda + especial. :-)

      Eliminar
  5. Quantos artistas portugueses 'desconhecidos' queres que te apresente e que cantam em português, que são autênticas promessas que vivendo neste país, nunca vão passar disso mesmo?

    Toma la estes que gosto muito, só para começar..

    http://www.youtube.com/watch?v=bJMxQT8gaAs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela sugestão, Mustache. Curiosamente a música deles parece ter mais maturidade do que o rosto de quem canta, que ainda exibe algum acne característico da saída da adolescência. :-P Mas lá está, se eles fugirem num comboio da Carris, não vou atrás deles. :-D Mesmo que até possa ter achado alguma piada, e reconhecido talento; porém era preciso identificar-me com o estilo, e por aí não funciona tanto. Queres experimentar com outro(s)? :-)

      Eliminar
    2. pois, cada qual com os seus gostos, e eu nisso sou bastante eclético! :)

      Vou então sugerir mais alguns nomes com uma música (convém ouvir depois outras :))

      Valter Lobo: http://www.youtube.com/watch?v=qb7DN3kpl2o

      B Fachada: http://www.youtube.com/watch?v=x_7vXouJMZQ

      Birds are Indie: http://www.youtube.com/watch?v=TrdLtHgKtBI
      (estes ultimos cantam em inglês)

      Se nenhum destes 3 te agradar, eu vou procurar mais.. :D

      Eliminar
    3. Estás a ver como até não andamos assim tão longe? Gosto de B Fachada, tenho algumas deles no meu iPod. E destes Birds are Indie já tinha ouvido falar. Não fiquei totalmente convencida, though.

      Eliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. É mesmo isso: faz algo a que não estávamos habituados em Portugal. Glad por perceber que também gostas, ITK. O entusiasmo é tanto, que até acrescentas um "e" ao "lugar". :-P

      Eliminar
  7. Ainda não decidi se gosto dela ou não....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-) Se ainda não decidiste, é porque não é a tua onda. E não tem de ser, né? A diversidade é a base da evolução. :-)

      Eliminar
  8. Essa música é gira mas nem fazia a mínima de quem era.

    Beijocas

    ResponderEliminar