22 de março de 2013

Crise? Qual crise? | Crisis? What crisis?

Há que admitir um facto, que é tão grotescamente verdadeiro, que até vos vai parecer mentira: eu nem para mim sou boa! Isto tem aplicabilidade numa série de esferas da minha vida; e se há algumas em que o facto é perdoável, tem outras em que é mais imperdoável que o condenável. «E isto vem a propósito de quê?», perguntarão vocês. Eu explico.

Como provavelmente também para muitos de vós, avizinham-se-me umas mini-férias no próximo fim-de-semana. Olhei para o calendário e percebi que podia usar 4 dias a meu bel-prazer. Habitualmente, por ocasião da ressurreição, eu e o J. rumamos para um qualquer destino “lá fora, cá dentro”, e este ano -- felizmente -- não será excepção. Tinha para meu usufruto estes dias de calendário livres e um trunfo no bolso para passar umas noites num hotel cheio de mordomias e sem gastar um tostão (se se portarem bem, um dia partilho convosco este feito).

Parece-vos, portanto, que era simples pegar no telefone, marcar 9 dígitos, falar com uma operadora, e fazer reserva naquele que era o nosso destino preferencial, certo? E-R-R-A-D-O! É precisamente aqui que entra aquele pedacinho de frase ali em cima a negrito. É que hoje penso que amanhã ligo, e o amanhã nunca chega, porque estamos sempre no hoje. Compreendem esta minha contenda de terminologias?

Vai daí, só há poucos dias levei a cabo a difícil tarefa de fazer a reserva. Foi então que percebi que uma série de pessoas já se tinha adiantado a mim… há um mês.

Ericeira | €104,00¹ / noite | E-S-G-O-T-A-D-O
Cascais | €118,00¹ / noite | E-S-G-O-T-A-D-O
Pç. Arcos | €160,00¹ / noite | E-S-G-O-T-A-D-O
Coimbra | €192,00¹ / noite | E-S-G-O-T-A-D-O

No quinto hotel, lá consegui um entre os 3 únicos quartos disponíveis. Como depreendem, não tendo sido a primeira escolha, não estou muito convencida acerca do destino, mas estou aberta a dar-lhe uma hipótese. Estoril, conhecem? Se sim, digam-me:

Que há mais para fazer, para lá do Casino ou do Autódromo?

________________________
¹ Tarifa para quarto duplo




Admittedly, there’s a fact that is so grotesquely true, that you’ll think it’s a lie: I'm not even good for myself! This has applicability in plentiful areas of my life; and if there are the ones that are forgivable, there are others when it is more inexcusable than the reproachful. «To what purpose does this come?», you may ask. I explain:
  
Like to many of you, I’ll have a mini-getaway next weekend. I looked at the calendar and realized I could use 4 days to my own pleasure. Usually, by resurrection, me and J. head to a destination in our country, and this year -- thankfully -- it will be no exception. I had for my enjoyment these free calendar days and an asset in my pocket to spend some nights in a hotel, full of perks, without spending a penny (if you behave well, one day I’ll share with you this feat)
  
Therefore, it may seem simple picking up the phone, dialing 9 digits, talking to an operator, and making a reservation, right? W-R-O-N-G! This is precisely where that tiny bit of sentence up there in bold makes sense. Today I think I’ll call tomorrow, but tomorrow never comes, because we’re always on today. Do you understand my struggle of jargons?

Thus, only a few days ago I carried out the difficult task of making the reservation. It was then when I realized that a lot of people had already done it before me ... a month ago.

Ericeira | €104,00¹ / night | S-O-L-D-O-U-T
Cascais | €118,00¹ / night| S-O-L-D-O-U-T
Pç. Arcos | €160,00¹ / night | S-O-L-D-O-U-T
Coimbra | €192,00¹ / night | S-O-L-D-O-U-T

I got an available room out of three in the fifth hotel. As you may understand, once this wasn’t my first choice, I’m not very convinced about the destination, but I'm open to give it a try. Do you know Estoril? If so, tell me:

What else is there besides the Casino and the racetrack?

________________________
¹ Rate for a double room

35 comentários:

  1. R., o Estoril é tão melhor do que as outras opções... Primeiro, pegas em ti e podes ir passear no paredão. Depois, pegas no carro e em 15 minutos estás em Cascais. 20 minutos e estás em Lisboa, pela estrada mais bonita de Portugal, a marginal. Meia hora e estás na serra de Sintra. Tudo isto sem pagar um tusto de portagem.

    Se precisares, manda um email que eu respondo com dicas!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ena, obrigada, Passion Addicted, estou a ver que dominas aí a zona. Vou tentar prever um esquema de passeio a contar com essas sugestões. Toda a zona de Sintra já conheço muito bem, mas a parte mais litoral conheço mal, fui lá uma ou duas vezes jantar, mas sem pernoitar. ;-)

      Eliminar
  2. Lamento, mas no Estoril em si, não fazes nada (a não ser praia, mas não está tempo para isso) sem carro, como diz no comentário acima. A Marginal é de evitar se estiver temporal ou em horas de ponta (aqueles semáforos sensores de velocidade são exasperantes!). Vai a Sintra um dia, aproveita para pôr o sono e os cafonés a par e pronto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já o tinha calculado, Rachelet, mas vamos levar carro e não nos temos de cingir ao Estoril. Queria evitar Sintra, pois já conheço bem, e ainda estivemos lá há pouco tempo. E no fim-de-semana de Páscoa não se pode "romper" por lá... :-S

      Eliminar
  3. As sugestões da Passion Addicted são boas - aproveita!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Serão aproveitadas, e posteriormente relatadas. :-)

      Eliminar
  4. Já disseram (no primeiro comentário) tudo o que eu podia dizer. Cascais e Sintra a não perder: :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sintra vou perder desta vez, como já disse noutros comentários. Mas Cascais, não perco.

      Eliminar
  5. Não me surpreende. No sábado passado fui almoçar a um restaurante bastante caro aqui na zona e com uma sala enorme e a sala estava cheia. E as pessoas não tinham ar de ser CEO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os portugueses têm formas estranhas de actuação: para ir a um restaurante estão dispostos a pagar "couro e cabelo", mas depois poupam em coisas que são realmente importantes.

      Eliminar
  6. o hotel londrês no Estoril fica a cerca de 500m da praia do casino e do metro/comboio e tem excelentes condições!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já tenho reserva em hotel, Íris, e aparentemente vou estar ainda mais perto da praia. :-P

      Eliminar
  7. Passear na marginal, em qualquer parte, mas de cascais para o Guincho é espectacular!
    Gostei do blog! (e ainda não tive de responder aquilo do Poe)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guincho, é isso, tenho de (re)visitar. Fui lá apenas duas vezes e guardo boas recordações.

      Eliminar
  8. Da próxima vez reserva mais cedo....:-) Diverte-te!

    ResponderEliminar
  9. Concordo com a rache não há assim muito para fazer, excepto à noite num bar ou outro com música ao vivo, durante o dia o Estoril resume-se às casas de chá das dondocas :) Tens de passar no santini nos queques da linha e nos croissants do careca em Algés
    Vai a Sintra o J que leve a máquina. Visita a cascais o guincho, isto porque contrariamente às previsões meteorológicas das rache, eu acho que vai estar sol e mais quentinho. Até porque vou para o campo na segunda-feira de festa. Se assim for vai ao guincho a caminho há um género de uma quinta com cafés lojas, não sei como se chama.
    Passeios na marginal são obrigatórios como já foi aqui sugerido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É capaz de estar sol, mas não para fazer praia, Diogo. Desta vez não devemos ir a Sintra, até pq o Jorge deve ter 2.457 fotos de quando lá estivemos o ano passado. E usualmente no fim-de-semana de Páscoa aquilo está lotado. Queria ver se andava por sítios mais calminhos. Gosto da ideia dos bares à noite com música ao vivo. Recomendas algum em particular? E como posso saber o nome da tal quinta a caminho do Guincho?

      Eliminar
    2. Vou descobrir essas coisas para vocês.
      Perto de minha casa há um com bossa nova ou jazz todas as sextas, Carcavelos.

      Eliminar
    3. Sem te maçares, Diogo. Só do que te lembrares. Mas a dita quinta deixou-me curiosidade.

      Eliminar
    4. Julgo que era uma quinta e transformaram num recinto com lojas.

      Eliminar
    5. Casa da guia, bom para ir tomar café, se estiver bom tempo. Parece que a rache acertou nas previsões... :S

      Eliminar
    6. Pois é. :-( Já viste a minha sorte? Ando fraca de serotonina e endorfina; precisava mesmo de sol.

      Eliminar
  10. E no interior? Guarda? Castelo Branco? Algarve interior?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito do interior, S., e já fizemos algumas escapadinhas por lá. Não queríamos escolher o Algarve, porque vamos de 5ª a Domingo, e na 5ª ainda trabalhamos de manhã. Acabaríamos por usufruir menos, porque tínhamos que fazer 550kms para cada lado. Não achamos que compense. E daqui a menos de 3 mesinhos já temos planos para ir para lá.

      Eliminar
  11. Se fosse a ti já estava a fazer reserva para... o Natal! lol

    Podes tentar ir a outros locais que não só o Estoril, dar uma volta pelas redondezas. ;)

    ****

    THE GLITTER SIDE
    Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que sim, não é, Alexandra? Pensamos nós que, como o país está em crise, não teremos problemas em reservar, mas afinal...

      Eliminar
  12. Será que me leste o pensamento? Sou exactamente igual, penso com tanta antecedência que quando chega a hora, vagas nem vê-las.
    Um dia vou mudar, não sei é quando.
    Aproveita esses dias, porque não é o local que faz o momento, mas sim as pessoas que estão contigo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá isso é verdade; mas como a pessoa que vai comigo é aquela com quem durmo todos os dias, só para sairmos um bocadinho da rotina, era bom encontrarmos coisas giras para fazer. ;-)

      Eliminar
  13. Ainda existe muita gente com dinheiro... mas, sobretudo, existe muita gente que vive acima das possibilidades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, isso é verdade. Todos os dias vejo pessoas que podem esbanjar e não fazem, e pessoas que esbanjam e não podem. E o dinheiro? Esse continua a ser o mesmo, mas redistribuído por menos pessoas do que há uns tempos atrás.

      Eliminar
  14. Vai por quem vive no Estoril e acredita que há muito para se fazer. Tens praias, tens muito por onde passear, tens museus, jardins, e em caso de desespero tens o comboio para Lisboa se bem que esse caminho não o sigo muito por detestar o destino final (coisas de quem é de lá de cima). Um dia bem passado no Estoril (com uma visita à Casa da Guia, a tal Quinta com esplanadas de que alguém falou mais acima) é basicamente a andar - se bem que eu prefiro correr-pelo paredão, sentar numa esplanada com um bom lote de livros e revistas e deixar o tempo passar. E se precisares de mais info, manda dizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas sugestões, parecem! Casa da Guia? Vou pesquisar. E a tal quinta? Sabes o nome?

      Eliminar
    2. Humm a quinta é a casa da guia :)
      Se calhar estavas a imaginar outra coisa como quinta com esplanadas e lojas.
      Já têm passeio organizado ou vêm num logo-se-vê?

      Eliminar
    3. Ahhhhh, Diogo, agora sim, fez-se luz! Para já ainda não está nada organizado: sexta será passada em Lx, para ir ver uma ou outra exposição. Gostei imenso das sugestões que por aqui me deixaram, mas algumas poderão ser boicotadas pela meteorologia. Desta vez S. Pedro não foi mesmo meiguinho. Será problema dos Pedros?

      Eliminar